Presença de sangue durante a ejaculação - IUN - Instituto de Urologia e Nefrologia

17 4009-9191
Rua Voluntários de São Paulo, 3826
São José do Rio Preto / SP

Notícia

Presença de sangue durante a ejaculação

 

Hematospermia ou hemospermia é definida como a presença de sangue na ejaculação. Muitas vezes causa uma ansiedade considerável e é assustador para o paciente e parceira(o). Em geral, é decorrência de causas infecciosas e considerado como condição benigna e auto-limitante, particularmente em pacientes mais jovens.

Pacientes com idade superior a 40 anos e aqueles com alto risco requerem uma avaliação completa. O exame detalhado é obrigatório e deve incluir: medição da pressão arterial e palpação abdominal para identificar alterações do tamanho do fígado, baço ou rim. O exame genital também deve ser realizado para avaliar a presença de caroços testiculares e secreção uretral, bem como um exame retal para avaliar a próstata. Outras investigações incluem endoscopia urinária (cistoscopia), ultrassom transretal e biópsia da próstata.

“… caso tenha episódios de sangue no líquido ejaculado, e tenha menos de 40 anos, não se preocupe, pois certamente tem caráter benigno. Se tiver acima de 40 anos é mandatório procurar um especialista para investigar”

O diagnóstico de patologias da próstata é facilitado através da realização de ultrassom transretal. É útil no diagnóstico de cálculos, cistos, varizes prostáticas e alterações inflamatórias, bem como terapêuticas em certos casos em que cisto ou abscesso é drenado e é a causa da hematospermia. As investigações complexas dependem da história e do exame.

Investigação

A ressonância magnética está emergindo para descartar causas raras de hematospermia. A avaliação baseada em evidências de hematospermia não é apenas útil no diagnóstico definitivo, mas também pode ser esclarecedora. Portanto, sugerimos que os pacientes com altos fatores de risco devem ser investigados minuciosamente. No entanto, os pacientes mais jovens com um episódio podem ser monitorados de perto e investigar somente se for considerado necessário.

Em suma, caso tenha episódios de sangue no líquido ejaculado, e tenha menos de 40 anos, não se preocupe, pois certamente tem caráter benigno. Se tiver acima de 40 anos é mandatório procurar um especialista para investigar.

Fonte:SBU