Novos estudos sobre bexiga hiperativa em crianças. - IUN - Instituto de Urologia e Nefrologia

17 4009-9191
Rua Voluntários de São Paulo, 3826
São José do Rio Preto / SP

Notícia

Novos estudos sobre bexiga hiperativa em crianças.


O Jounal of Urology ( uma das publicações mais respeitadas do mundo), deste próximo mês de outubro de 2017, traz um inédito estudo sobre a utilização da Solifenacina, cujo nome comercial no Brasil é Vesicare, em crianças e adolescentes com bexiga hiperativa.
A bexiga hiperativa é um quadro clínico que compromete muito a qualidade de vida, pois as crianças necessitam urinar muitas vezes ao dia, acompanhadas de urgência e muitas vezes não conseguem segurar , urinando na roupa, causando grande constrangimento, principalmente quando ocorre na escola. Frequentemente, pais e professores que desconhecem o problema, acham que as crianças "são distraídas", e deixam para urinar na última hora, chegando mesmo a advertir a criança, o que é um grave erro.
Durante décadas, os únicos medicamentos disponíveis para crianças e adolescentes eram a Oxibutinina e a Tolterodina.
Nesse estudo agora, de Newgreen e colaboradores, foi constatada a eficácia da Solifenacina a longo prazo, com melhora na urgência urinária e controle da incontinência na faixa etária de 5 a 18 anos. Teoricamente, o medicamento tem menos efeitos colaterais que os utilizados até o momento, devido a sua seletividade nos receptores da bexiga. Foram relatados pelas crianças e adolescentes 35 a 38% de algum efeito adverso, principalmente boca seca e constipação intestinal, entretanto apenas 14% interromperam o tratamento. Não houve também nenhum efeito colateral sério. Dessa forma, os resultados nos mostraram que a Solifenacina pode ser utilizada com segurança e eficácia em crianças e adolescentes, como já é hoje utilizada em adultos.

Fonte: Dr. Miguel Zerati Filho