Preservativos - prevenção garantida. - IUN - Instituto de Urologia e Nefrologia

17 4009-9191
Rua Voluntários de São Paulo, 3826
São José do Rio Preto / SP

Dicas de saúde

Preservativos - prevenção garantida.

Existe anticoncepcional para homens?

Postado por: PORTAL UROLOGIAem: 16 de janeiro de 2017Dentro: FAQ, FeatureSem comentários
Print E-mail

A maioria dos medicamentos testados para os homens, até o momento, acaba deixando certo número deles com um grau de infertilidade

Muitos homens perguntam quais as maneiras que eles podem usar para evitar filhos. No momento, a única maneira efetiva de o homem colaborar na prevenção da gestação é o uso do preservativo. O coito interrompido, no qual o homem retira o pênis da vagina na hora de ejacular, utilizado por muitos casais, é um método muito ruim para a satisfação sexual do casal, além de falhar bastante. Não é muito fácil fazer esse controle e sempre pode escapar uma gota de sêmen. E é na primeira parte do esperma que estão 90% dos espermatozoides que um homem ejacula.

“No momento, a única maneira efetiva de o homem colaborar na prevenção da gestação é o uso do preservativo”

Há vários medicamentos sendo estudados para a anticoncepção masculina, mas até agora nenhum deles foi lançado no mercado. Quando se fala em anticoncepção está se pensando em um método que, quando interrompido, leve ao retorno imediato da fertilidade, como a pílula anticoncepcional ou o DIU para a mulher. A maioria dos medicamentos testados para os homens acaba deixando certo número deles com um grau de infertilidade. Além disso, como são à base de hormônios, acaba interferindo no desejo sexual ou mesmo na ereção. Entretanto, a busca para uma solução na qual o homem possa colaborar efetivamente na anticoncepção continua e provavelmente outras soluções mais seguras surgirão.

Muitos perguntarão se a vasectomia não é uma forma de anticoncepção. Não, a vasectomia é uma forma de esterilização, pois compromete a fertilidade definitivamente. Essa simples operação interrompe definitivamente os ductos (canais deferentes) que conduzem os espermatozoides dos testículos, onde são formados, até a uretra, para serem ejaculados. Com isso, os espermatozoides, que continuam a ser fabricados, morrem, são absorvidos para o sangue e começam a ser produzidos anticorpos contra eles. Embora esse fato não cause nenhum problema para a saúde, pode comprometer a fertilidade do homem, caso ele volte atrás e queira reverter a vasectomia, pois os espermatozoides não irão funcionar como antes por causa desses anticorpos.

Outra maneira de evitar a gravidez é a abstinência sexual, mas esta, sem dúvidas, é a pior de todas e não tem graça nenhuma!

Fonte: SBU